Prazo para adesão ao Plano de Saúde da Prefeitura do Rio começa dia 31 de março

Será aberto no dia 31 de março, e vai até 17 de abril, o prazo para adesão, sem carência, ao Plano de Saúde do Servidor Municipal (PSSM).

Assim Saúde, que já integra o sistema, permanece como Operadora.

 

As inscrições de novos titulares e todas as outras movimentações deverão ser feitas pela internet no site do instituto CLIQUE AQUI 

Em caso de dúvidas, ou dificuldades de acesso, o Servidor deve entrar em contato com a Central de Atendimento da Operadora, no telefone 2102-9797 – atendimento de 9 às 16h.

 

Este ano, em razão da pandemia do novo Coronavírus, não teremos atendimento presencial para adesão ao Plano de Saúde.

 

A adesão é válida também para inclusão, sem carência, de dependentes de servidores ativos ou aposentados; de pensionistas, de estranhos aos quadros e para alteração (upgrade, downgrade ou cancelamento) dos planos de quem já é usuário.

 

Está mantida a forma tradicional, com o servidor estatutário, descontando, mensalmente, 2% de sua remuneração, para ter direito a um plano básico de referência, que abrange consultas, exames e internações, além de cobertura odontológica, nos termos da ANS.

 

Já a adesão de dependentes, pensionistas e estranhos aos quadros, também sem carência, pode ser feita mediante tabela que varia de acordo com a faixa etária.

 

Existe a possibilidade de co-participação, de acordo com tabela com limite de preços máximos, para quem não utilizar a rede própria da Operadora, salvo nos casos de urgência ou emergência.

 

Há ainda a oferta, para todos, de contratação de planos superiores, com rede mais abrangente e custo diferenciado, com pagamento consignado em folha.

 

Os usuários antigos que não se manifestarem, no prazo aberto, serão mantidos nos atuais planos a que estão ligados, sem alterações.

Os comprovantes das novas inclusões ou de quaisquer outras movimentações deverão ser salvos ou impressos e guardados pelo usuário.