Trezentos agentes de apoio à Educação Especial iniciam hoje trabalho nas escolas

Os primeiros agentes de apoio à Educação Especial, do total de 900 convocados, começam a chegar à Rede Municipal de Ensino nesta segunda-feira (dia 13) para dar acompanhamento e ajudar na integração de 14 mil alunos com deficiência. Uma cerimônia para recepcionar esses funcionários será realizada nesta manhã, no Colégio Militar, às 9h.

 

Até o ano passado, havia apenas 150 agentes especiais. Todos os 900 agentes especiais convocados devem chegar às escolas até o fim de abril, por conta dos  trâmites comuns a toda contratação no serviço público: nomeação, perícia médica, posse, capacitação no Instituto Municipal Helena Antipoff e apresentação nas escolas. Com a convocação, a Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Lazer zera o déficit de mediadores em sua Rede de Ensino.  Esses profissionais já haviam sido aprovados em concursos realizados desde 2014, mas não haviam sido chamados.

 

Além dos novos agentes de apoio, os alunos com deficiência continuarão a ter acompanhamento de estagiários, que começam a chegar às escolas do município seguindo o calendário de reinício das aulas nas universidades. Os convênios firmados entre a Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Lazer e as instituições de ensino públicas e privadas permanecem.

 

Com o objetivo de favorecer o processo de inclusão educacional, a Rede Pública garante a todos os alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação o Atendimento Educacional Especializado. Este atendimento é realizado por professores em 464 Salas de Recursos Multifuncionais em unidades escolares. Os alunos recebem ainda como rede de apoio os voluntários, instrutores e intérpretes de Libras auxiliando na ampliação e compreensão dos conceitos escolares.